EU ENGANO-ME E TENHO SEMPRE MUITAS DÚVIDAS!!!
Segunda-feira, 24 de Março de 2008
Vida! Morte! Convites!
Na nossa existência neste mundo a única certeza que temos é que um dia acabamos por morrer! Acabamos mais por recear algo que temos como certo do que as milhares de surpresas que nos aparecem pela vida fora. E porque este medo da morte? Á excepção de Jesus Cristo, não houve mais ninguém que tenha morrido e passado uns dias ressuscitado (talvez apenas Lázaro), e até Jesus, após ressuscitar, não continuou a viver entre nós! Provavelmente será um sinal que, ao existir vida após a morte, será certamente bem mais agradável do que esta! Teremos medo da maneira que irá ocorrer a nossa morte? Ou será mais pelo desconhecido? Por termos de deixar tudo o que fomos reunindo ao longo dos anos, seja a família e os amigos ou mesmo os bens materiais?
 
O que existe após a morte só o saberemos quando o homem vestido de negro e acompanhado com a foice nos vier bater à porta!
 
Todos nós somos questionados sobre diversos acontecimentos ou “fenómenos” que ocorreram ao longo dos tempos: quem matou J.F.K.? Se existe vida inteligente noutros planetas (a melhor prova como existe é o facto de nunca nos terem visitado)? Onde estão os aviões e barcos desaparecidos no Triângulo das Bermudas? Existiu a cidade Atlântida?
 
A minha dúvida é outra: quem é que irá ao meu funeral?
 
Certamente nunca saberei, pois já estarei a “fazer tijolo”! Mas poderei contornar esta minha dúvida, e embora sem nunca ter a certeza, poderei sempre ficar com uma ideia...como??? Simples...fazendo e enviando convites a perguntar se gostariam de estar presentes no meu funeral! Se existem convites de casamento, baptizados, festas de anos, entregas de prémios, porque não para funerais?!? Será uma ideia mórbida?!? Já ouvi ideias bem piores e no entanto tiveram sucesso...
 
Seria qualquer coisa deste tipo:
 
Eu, O Presidente, venho por este meio convidar V.Exas e respectivos a marcarem presença no meu Funeral que irá ter lugar no local e dia ainda for definir. Eu serei presença obrigatória mas por motivos óbvios não irei “passar cartão” a ninguém. Obrigado!
 
Uma das vantagens é que não irei pagar a minha própria cerimónia! Mesmo que me tirem dinheiro da conta, quem é que se irá preocupar? Eu de certeza que não...
(Elton Jonh - Funeral for a Friend)
 
 
 
 
 
 


Publicado por O Presidente às 20:29
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

6 comentários:
De R T a 24 de Março de 2008 às 21:09
Senhor presidente, um tema e um pouco mórbido, mas não deixas de ter razão.

Estou certo que estarei no teu funeral, pois faço questão de morrer depois de ti e porque não posso deixar de me despedir do meu amigo, mas mesmo assim acho importante as acções que fazemos às pessoas enquanto vivas, por isso esforço-me por estar com os amigos e ajudar quando precisam, gosto de estar disponível e tentar fazer as coisas que mais tarde, poderia vir a lamentar não ter feito.

Mas também deverá ser agradável poder ver quem são as pessoas que estão lá na nossa despedida.

Deixo outra questão, qual a vossa opção, sobre crematórios, urnas e jazigos.

Para já eu acho que um urna normal e um pedaço de terra para cima serve para a minha humilde pessoa.

Votos de um novo e breve post, de preferência com um tema mais alegre.

Rui Teixeira

http://depoisdosolposto.blogs.sapo.pt/





De O Presidente a 25 de Março de 2008 às 10:25
Já sei que posso contar com a tua presença, caso vá primeiro...o que duvido...não te esqueças que levas 3 anos de vantagem! Mas caso vá primeiro, nem penses começares com os teus discursos no meu funeral...já me basta ter morrido não me faças sofrer mais ainda...he he he...

Em relação à tua questão, basta uma campa normal, com o nome, uma foto e data...

Abraço


De Teia d´Aranha a 26 de Março de 2008 às 13:16
Ó Presidente, o que é que andaste a fumar?! Estás a passar-te ou quê?!

A probabilidade de eu ir ao teu funeral é muito escassa... para não dizer mesmo... nula! Mas um dos motivos pelos quais não faltaria é se providenciasses um concerto, daqueles com uma banda fantástica... Se celebramos a vida... porque não celebrar a morte, como fazem tantos outros povos e culturas?

Este teu post foi... de morte!


De O Presidente a 27 de Março de 2008 às 10:18
Foi apenas uma idéia fora do normal!

Vai ser dificil arranjar uma banda fantástica... as fantásticas já são todas velhinhas e assim sendo teria de ter umas 10 bandas de plantão... o melhor mesmo é arranjar uma playlist...

Maestro...





De João Carreira a 26 de Março de 2008 às 15:54
Caro Primo,

Eu espero que tu fiques cá quando eu partir, pois não quero ter o desgosto de cá ficar sem ti.
Ora como eu espero morrer mais velho que o tio Eduardo e nada antes dos 105 anos, aguardo e faço votos para que te conserves bem...e que faltes ao teu próprio funeral...
...Quanto a contas e dinheiros fala com a tua mãe é explica-te como hás-de fazer para ainda lucrares com o teu velório em publicidade a floristas e agências funerárias...Talvez até apareça a Sky ou a CNN.

Um Abraço,

João


De O Presidente a 27 de Março de 2008 às 10:22
Olá Primo,

Faltar ao meu funeral?!? Só se o meu corpo desaparecer!
Se viveres até aos 105 anos (e espero que sim), e se ainda dizes que "vais primeiro" então é sinal que permanecerei por cá pelo menos até 2075!!!

Dá mesmo vontade de dizer: Ai Caramba!

Abraço


Comentar post

. Mais sobre mim
. Pesquisar neste blog
 
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


. Posts Recentes

IN MY DEFENCE

Here I´m!

FINALMENTE...

SENSIONALISMO MUSICAL

SUGESTÃO...

TENTOU-SE O GOLPE DE ESTA...

FREEPORT Lda e COMPANHIA

QUEIJO Vs MÉNAGE

SEM PALAVRAS!

SERVIÇO DE URGÊNCIAS

. Arquivos

Abril 2011

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

. Tags

todas as tags

. Links
. Quantos são? Quantos são?
online
blogs SAPO
subscrever feeds